terça-feira, 11 de junho de 2013

Faroeste Caboclo sem sal



Por Eduardo Madeiro

Então, vamos falar do figurino do filme Faroeste Caboclo? O filme, cujo figurino foi assinado por Valéria Stefani, é ambientado em dois momentos: na década de 60, ainda na infância de João de Santo Cristo, personagem principal e, logo depois, na década de 80, época na qual a maior parte do filme se desenrola.

Li uma entrevista da Stefani no qual ela falava “Faroeste foi um filme muito especial de fazer. Renato Russo faz parte de nós e a equipe foi das mais integradas, porque houve muita troca entre os departamentos (arte, figurino, maquiagem, fotografia, direção) e uma produção sempre pronta a resolver e ajudar. Fizemos com amor, muito trabalho e alegria e acredito que isto está impresso no filme” (30/05/2013).

Acredito que teve uma boa vontade no desenvolvimento do figurino, mas a questão detalhe foi colocada de lado. Encontrei falhas em coisas simples como roupas com aspectos de que acabaram de sair da loja; o vilão ficou com cara de gigolô de filme de comédia barata norte americana. Uff! Chega! Não quero detonar mais o filme.

Queria muito dizer coisas boas desse figurino, mas, infelizmente, não deu.

Agradecimento ao Blog Vitrine Fashion.

0 comentários:

Postar um comentário

Siga por E-mail

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.