sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

5 sequências que superaram os filmes originais



Por João Pedro Rodrigues


Scooby-Doo 2: Monstros à Solta (Scooby-Doo 2: Monsters Unleashed-2004)


Após o primeiro Live-action da Mistério S.A. ter sido um sucesso, uma continuação era inevitável, apesar do primeiro filme ter sido falho em muitos quesitos, como a caracterização dos personagens e uma trama bem fraca.

Nessa parte 2 acertaram em cheio em incluir os monstros clássicos da animação, e os personagens parecem mais dentro das características do desenho. O enredo continua não sendo grande coisa, mas bem mais consistente que aquela maluquice da Ilha do Espanto.

Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro (2010)


O primeiro filme já havia sido um sucesso e um marco no cinema nacional. Mas nessa continuação, José Padilha destaca a violência e a corrupção de forma mais madura e ampla, mostrando de maneira corajosa que “o buraco é mais em cima”. Wagner Moura também faz um excelente papel como Nascimento, dez anos mais experiente e agora Sub Secretário de Inteligência.

O Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final (Terminator 2: Judgment Day-1991)


James Cameron, agora com um orçamento notavelmente maior, expande a narrativa de Sarah Connor, acrescentando mais personagens, excelentes cenas de ação e um vilão mais ameaçador.

Batman – O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight-2008)


O Cavaleiro das Trevas com certeza é um upgrade em relação ao Begins: ótimos diálogos, ótimo desenvolvimento dos personagens e, claro, a atuação triunfal de Heath Ledger como O Coringa.

O Poderoso Chefão: Parte ll (The Godfather: Part ll-1974)


Francis Ford Copolla volta, após o marco que foi O Poderoso Chefão, nessa sequência da família Corleone, mais profunda, escura e com algumas metáforas sobre a América e o capitalismo escondidos. Além das magistrais atuações de Al Pacino (Michael Corleone) e Robert De Niro (Vito Corleone).

0 comentários:

Postar um comentário

Siga por E-mail

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.