sexta-feira, 25 de julho de 2014

Rocky - Um Lutador



Por Ananda Oliveira



Titulo Original: Rocky
Ano: 1976
Diretor: John G. Avildsen
Elenco:
Sylvester Stallone .... Rocky Balboa
Talia Shire .... Adrian Pennino
Burt Young .... Paulie Pennino
Carl Weathers .... Apollo Creed
Burgess Meredith .... Mickey Goldmill
Tony Burton .... Tony "Duke" Evers (treinador do Apollo Creed)

Sinopse: Rocky Balboa, um lutador de boxe amador que trabalha com um agiota, tem a chance de enfrentar Apollo Creed, o campeão mundial dos pesos-pesados, que teve a idéia de dar oportunidade a um desconhecido como um golpe publicitário. 


Na época em que foi lançado fez um sucesso estrondoso. E com o passar dos anos sua mensagem permanece forte, nos emociona e tem a capacidade de nos conquistar a cada vez que assistimos.

Rocky é um boxeador da Filadélfia que nunca teve chance no esporte. Para manter suas despesas ele trabalha como capanga para um agiota.

Paralelamente, Apollo Creed apresenta a idéia de lutar com um lutador local da Filadélfia, com o objetivo de dar um golpe publicitário para mostrar que, mesmo após ter se machucado em sua última luta, ainda é o dono do cinturão. Ele escolhe esse lutador desconhecido por gostar do apelido The Italian Stallion – Rocky Balboa.

A preparação de Rocky para a luta não é apenas física, é também psicológica. Ele é taxado por todos como fracassado, mas mesmo sabendo que não tem nenhuma chance de vencer Creed, se esforça para aguentar os 15 rounds contra ele (número padrão de rounds do boxe daquela época) e provar, não necessariamente a todos que não acreditaram nele, mas, sim, a si mesmo a sua capacidade.

Produção

O filme foi escrito por Sylvester Stallone com uma pequena base em um fato real e na sua própria vida, já que, na época, o ator passava por dificuldades na carreira. Ele escreveu o roteiro de Rocky (em 3 dias) depois de assistir uma luta de boxe entre Chuck Wepner, um lutador desconhecido, e Muhammad Ali. Wepner aguentou 15 rounds na luta e chegou a derrubar Ali.

Stallone apenas venderia o roteiro sob a condição de que ele mesmo interpretaria o personagem-título do filme. Os produtores Irwin Winkler e Robert Chartoff tentaram negociar oferecendo cerca de 350 mil dólares pelo roteiro, mas o ator manteve pulso firme sob sua condição de atuar na trama. Os produtores, já convencidos, ofereceram o projeto a United Artists, que aprovaria um orçamento de 2 milhões de dólares, caso o filme fosse protagonizado por um grande astro da época. Após ser informado de que, por obrigação contratual, Stallone seria o protagonista, o Estúdio baixou o orçamento para 1 milhão de dólares, impondo a exigência de que, caso o filme ultrapassasse o orçamento previsto, o extra seria bancado pelos produtores.

O filme foi rodado em 28 dias e fechou com orçamento de 1,1 milhão de dólares. Os produtores tiveram que hipotecar suas casas para pagar os 100 mil extras ao estúdio.

Todos sabemos que Rocky empata a luta com Creed. Porém, na versão original (Americana), a vitória no combate pertence a Apollo Creed.

O filme foi um grande sucesso que virou uma franquia com erros, acertos e um grande Finale: Rocky 2 - A Revanche (1979), Rocky 3 - O Desafio Supremo (1982), Rocky 4 (1985), Rocky 5 (1990) e Rocky Balboa (2006).

Trilha sonora

A trilha composta por Bill Conti foi um grande sucesso. Por exemplo, o tema principal do filme, Gonna Fly Now. Ficou no topo das paradas da Billboard por uma semana (de 2 de julho até 8 de julho de 1977).

  • Cena do Treinamento




  • Cena final 



Prêmios

OSCAR  (1977)
Vencedor: Melhor Filme, Melhor Diretor - John G. Avildsen, Melhor Edição

Indicado: Melhor Ator - Sylvester Stallone, Melhor Atriz - Talia Shire, Melhor Ator Coadjuvante  Burt Young e Burgess Meredith, Melhor Roteiro Original, Melhor Canção Original - "Gonna Fly Now", Melhor Som.

GLOBO DE OURO (1977)

Vencedor: Melhor Filme - Drama

Indicado: Melhor Diretor - John G. Avildsen, Melhor Ator - Drama - Sylvester Stallone, Melhor Atriz - Drama - Talia Shire, Melhor Roteiro, Melhor Trilha Sonora.

BAFTA(1978)

Indicado: Melhor Filme, Melhor Diretor - John G. Avildsen, Melhor Ator - Sylvester Stallone, Melhor Roteiro, Melhor Edição.


0 comentários:

Postar um comentário

Siga por E-mail

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.